NOTÍCIAS

Casa Cor MT abre portas com funcionalidade e tecnologia a serviço do bem-estar MT

05/11/2018 às 16:02

Casa Cor MT abre portas com funcionalidade e tecnologia a serviço do bem-estar MT

Estudantes, casais, grupos de amigos e profissionais do setor de construção tiveram encontro marcado com o bom-gosto, no sábado (3). Pelos corredores da 12ª edição da Casa Cor Mato Grosso, realizada no recém-inaugurado Shopping Estação Cuiabá, multiplicaram-se em centenas os olhares de deslumbre e curiosidade acerca das tendências apresentadas ali. Sob o tema Casa Viva, os 29 ambientes fundem exuberância e aconchego em composições funcionais, com toques de brasilidade.

Foram estes conceitos que atraíram a advogada Tassiane Correa e seu noivo, o empresário, Roberto Piccini. O interesse pelo assunto ganhou força recentemente, depois que eles precisaram contratar uma arquiteta para reformar o apartamento onde viverão. “Estou entrando neste mundo agora. Estou definindo aos poucos meu estilo conforme vou conhecendo os projetos.”

De personalidade clássica, a advogada fala sobre a preferência por tons neutros e contornos discretos, que puderam ser observados em vários espaços e renderam ideias para a futura morada. “Eu tinha muitas dúvidas relacionadas a texturas e pintura, e acabei encontrando vários papéis de parede incríveis. Também estava preocupada com o uso de pedras e me surpreendi com a similaridade de alguns materiais sintéticos com os naturais.”

Na suíte do menino o encanto alcança também os já crescidos. Em conexão com a tecnologia e o universo masculino as arquitetas Itamara Cenci, Jessica Fiorenza e Elizangela Poltronieri, recorreram ao arrojo das formas e a referências pop para conceber o projeto. De acordo com elas este foi um espaço pensado para derrubar as barreiras entre o morador e os amigos. Em 41m² móveis grandes foram dispostos de maneira a promover a circulação livre e confortável.

A mistura agradou os adultos, arrebatados especialmente pela alusão a franquia Star-Wars, evidenciada pela luminária em forma de sabre de luz, feita por um artista local, e pela precisão dos “cortes” nos tapetes e painéis. Os elementos justificam a opinião do servidor público Elton Teixeira. “Eu gostei muito das arandelas da suíte do jovem porque elas têm um impacto diferente. A minha preferida é a “moon light”, que remete a lua no teto. É peça bem distinta”, diz.

Fielmente abraçado pelos arquitetos e designers de interiores, o tema Casa Viva retomou o conceito de lar como refúgio físico, mental e espiritual. A missão foi cumprida com louvor e se materializa na essência de cada cômodo, como no loft do Casal, das profissionais Vanessa Koehler e Andréia Bidoia, premiado como o melhor espaço do evento na noite de quarta-feira (1).

Desafiadas pelos ares industriais, próprios do estilo, elas preservaram o pé direito duplo, com as vigas e tubulação aparente dos projetos tradicionais. O contraponto se dá pela presença maciça de plantas vivas, aliadas a peças de arte, de acervo. “Não queríamos simplesmente uma casa viva de plantas. Queríamos uma casa viva de pessoas. Então muitas peças são de acervo pessoal ou de família, criando um clima intimista, que faz com que as pessoas se sintam mesmo em casa”, explica Vanessa.

Para que a integração seja completa o conceito abre mão da televisão, estimulando o contato pessoal. Ali o papel de parede que remete simultaneamente a pedra e concreto tem causado furor entre os visitantes, que querem descobrir a textura do material. Reforçando a proposta obras de artistas brasileiros como Bene Fonteles, Demétrius Coelho, Rai Reis, Isabela Fontele, Lara Matana e Elias de Paula, permeiam toda a composição.

“Fomos para Milão buscar referências, mas não queríamos trazer simplesmente o design e as tendências de lá. Queríamos agregar aquelas tecnologias a nossa maneira. Então a ideia era que as pessoas entrassem aqui e dissessem ‘eu moraria aqui’, ‘eu me sinto bem’, ‘me sinto a vontade’. Isso tem acontecido muito e com toda certeza é nossa a maior recompensa”, afirma.

Reconhecida como mais importante mostra do setor nas Américas, a Casa Cor reúne arquitetos, decoradores e paisagistas de renome. A edição mato-grossense do encontro estende-se até 16 de dezembro de 2018 com horário de funcionamento de 14h às 22h, de terça a sábado. Aos domingos as portas estão abertas de 16h às 20h.

Fonte: Pau e Prosa Comunicação

Sitevip Internet